A última fuga de Anibalzinho ocorreu em Dezembro de 2008

A última fuga de Anibalzinho ocorreu em Dezembro de 2008

Aníbal dos Santos Júnior, o homem mais procurado de Moçambique, foi recapturado na África do Sul. Ele foi condenado pelo assassinato, há nove anos, do destacado jornalista de investigação, Carlos Cardoso.

 

 

Anibalzinho, como também é conhecido, escapou três vezes de vários estabelecimentos prisionais moçambicanos. O correspondente da BBC em Maputo, Eleutério Fenita, diz que ele foi recapturado na capital sul-africana, a cidade de Pretória. “A operação terá envolvido a Interpol. Uma equipa da Polícia de Investigação Criminal de Moçambique trouxe Anibalzinho, ao princípio da noite de terça-feira, a partir da fronteira com a África do Sul.” As autoridades moçambicanas estão a preparar-se para, esta quarta-feira, em conferência de imprensa, fornecerem mais detalhes sobre a recaptura do Aníbal dos Santos Júnior. “O director da Polícia de Investigação Criminal, que terá estado, ele próprio, envolvido nesta operação, haverá uma conferência de imprensa no sentido de se esclarecer como foi feita esta operação.” Anibalzinho escapou duas vezes da cadeia de alta segurança de Maputo e uma vez, em Dezembro do ano passado, da cela de uma esquadra de polícia. Alega-se que estas fugas teriam tido a cumplicidade de ‘pessoas poderosas’.